Please reload

Posts Recentes

Procase participa de Pesquisa sobre Semiárido Brasileiro durante o I SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO

21 Jul 2019

 

   

      Dos dia 15 a 22 de julho aconteceu, na Universidade Federal da Paraíba, o I SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO, que teve como tema: DISCIPLINARIDADE E TRANSDISCIPLINARIDADE NA PESQUISA DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO.

      O evento teve o objetivo de promover o conhecimento do semiárido brasileiro e a constituição de redes nacionais e internacionais de pesquisa visando a troca de conhecimento no campo científico, no contexto disciplinar e transdisciplinar.

        O Seminário foi uma realização da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), do Programa de Pós - Graduação em Geografia – PPGeo, em parceria com outras universidades nacionais e internacionais, como também Instituições, a exemplo do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), juntamente com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Semear Internacional, que é um programa de gestão do conhecimento em zonas semiáridas do Nordeste do Brasil.      

       O assistente técnico ambiental do Procase, Thiago Silva, foi o representante da Instituição na mesa de abertura, juntamente com professores doutores da UFPB e da coordenação do PPGG; a chefia do DGEOC; representante do PRINT e coordenação do evento. Thiago explicou a todos o funcionamento do Projeto Procase e a importância da parceria entre o FIDA e o Governo do Estado da Paraíba para as ações voltadas para o semiárido. Para ele, o evento foi um intercâmbio de conhecimentos. “Todos os professores doutores envolvidos, tanto de Portugal, como da Espanha, quanto da Argentina, são experts em regiões secas. A ideia de levá-los para conhecer o semiárido paraibano foi de criar uma interação com técnicos de outros países, trocando experiências e visualizando estratégias que ainda não foram adotadas aqui, no semiárido paraibano”.

         A gerente do território do Curimataú, Kilma Silva e o sub gerente de suporte as organizações de produtores, Nicholas Lucena, também representaram o Procase, acompanhando, juntamente com Thiago, toda a programação durante os 07 dias, que incluiu palestras e mesas redondas com os Professores Doutores:  Rafael Câmara, da Universidade de Servila; Lúcio Cunha, da Universidade de Coimbra; Darien Prado, da Universidade Nacional do Rosário, na Argentina; Rui Jacinto, do Centro de Estudos Ibéricos (CEI), de Portugal e os renomados professores doutores da UFPB, Doralice Maia e Bartolomeu Israel. 

       Para o Professor Doutor Bartolomeu Israel, a ideia principal do Seminário foi “criar parcerias, juntamente com as Universidades internacionais presentes, que visem o desenvolvimento de novas pesquisas voltadas para o semiárido. Foi muito importante a participação do FIDA e do Procase, como representante do Governo do Estado, pois é um tema que interessa a todas estas Instituições. E quando falo em participação, não me limito somente a este Seminário, e sim a projetos que vamos dar início”, afirmou Bartolomeu.

      A programação em campo percorreu várias regiões do semiárido paraibano, incluindo visitas a Fazenda Salambaia e “Sacas de Lã”, em Cabaceiras; Transposição do Rio São Francisco, em Monteiro; Pedra do Tendó, em Teixeira; Depressão Sertaneja, na cidade de Patos e passeio pela feira de Campina Grande, sendo finalizada em João Pessoa no dia 22 com a exibição do documentário “Salamanca – Coimbra, espejo del conocimiento” e um debate sobre a temática do documentário com o Prof. Dr. Rafael Faleiros de Padua e Prof. Dr. Rui Jacinto – CEI.

      Para Kilma Silva, gerente do Procase, a oportunidade de acompanhar o intercâmbio, principalmente o trabalho de campo, junto a pesquisadores de outros países, foi proveitosa. “Além de trazer abordagens importantes para o meio acadêmico, houve uma melhor compreensão do papel propositivo de algumas políticas que tratam de questões sociais, ambientais e de fortalecimento de atividades produtivas, a exemplo do trabalho feito pelo Procase, Fida e Governo da Paraíba, que atuam com práticas que sinalizam avanços e perspectivas, aproximando a pesquisa do campo e das comunidades envolvidas”, disse Kilma.

         O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

 

 

 

 

Please reload

Central de Notícias

mulher

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square