Please reload

Posts Recentes

Intercâmbios de Saberes nos Semiáridos da América Latina: Juventude e Agroecologia

26 Jul 2019

       

         Os estados da Paraíba e Pernambuco sediaram, entre os dias 22 e 26 de julho, o terceiro encontro dos Intercâmbios de Saberes nos Semiáridos da América Latina, que trouxe como tema: “Juventudes e Agroecologia”, reunindo cerca de 100 pessoas entre jovens, mulheres, agricultores e técnicos de projetos que trabalham com desenvolvimento rural no Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Nicarágua, e El Salvador, muitas delas que recebem o apoio do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

       O Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase) foi representado pela bolsista Gracilene Macedo e o beneficiário Cícero Silva Dias, da Associação do Desenvolvimento Comunitário dos Produtores do Assentamento Riacho da Cruz, do município de Barra de Santa Rosa. Para Cícero, a experiência foi muito boa. “Esse intercâmbio permitiu com que convivêssemos durante 6 dias com pessoas de vários territórios brasileiros e da América Latina, valorizando o envolvimento das mulheres e dos jovens em toda a agricultura familiar, onde houve muita troca de experiência. Adquiri muito conhecimento”, enfatizou Cícero.

          Em uma caravana, o evento iniciou no município de Caruaru-PE, seguindo para Campina Grande-PB, com visitas a comunidades rurais que se destacam na produção agroecológica, organização comunitária e acesso à água entre jovens. Os jovens puderam participar de experiências em campo em unidades produtivas, tanto na Paraíba quanto no Pernambuco, que envolveram criação de animais, agroflorestas e produção de mudas, com o objetivo de implantar as práticas em suas próprias comunidades. Em cada visita, cada prática identificada será conferida em detalhes pelos participantes, eliminando dúvidas e gerando informações que possam ser replicadas em suas regiões.

              Esta foi a terceira etapa dos intercâmbios que foram iniciados em novembro de 2018, com uma primeira edição realizada na província de Salta na Argentina, onde foram visitadas iniciativas que se destacam na área do mapeamento participativo e acesso à água. Na segunda etapa, técnicos e beneficiários receberam uma capacitação intensiva em técnicas de mapeamento participativo, com aplicação prática na comunidade quilombola do Batoque, no município de Sobral, no Ceará. O Intercâmbio foi uma realização do FIDA, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Programa Semear Internacional, Plataforma Semiáridos da América Latina, Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá, Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra), Programa de Aplicação de Tecnologias Apropriadas (PATAC) e Agricultura Familiar e Agroecologia (ASPTA), em parceria com a FUNDAPAZ, International Land Coalition, Terre des Hommes e Serviço Mundial de Igrejas (CWS).

               Do Brasil, juntamente com o Procase, participaram outros projetos apoiados pelo FIDA: Piauí (Viva o Semiárido), Sergipe (Dom Távora), Bahia (Pró Semiárido) e Ceará (Paulo Freire) enviaram representantes para os cinco dias de evento. Também estiveram no evento representantes do projeto Dom Helder, que atua em vários estados brasileiros, fruto de uma parceria entre o FIDA e o Governo Federal e jovens integrantes do GT Juventudes da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA).  

                O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

Please reload

Central de Notícias

mulher

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square