Please reload

Posts Recentes

Procase participa da 8ª Edição do Semiárido Show em Petrolina

23 Nov 2019

 

O Governo do Estado da Paraíba, através do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), participou, de 19 e 22 de novembro, da oitava edição do Semiárido Show, maior evento de inovação tecnológica voltado para a agricultura familiar no Nordeste, realizado pela Embrapa, em parceria com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e apoio do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e do Semear Internacional. Com o tema "Inovações e Dinâmicas de Desenvolvimento Regional", o evento promoveu uma programação diversificada com capacitações, palestras, oficinas e seminários temáticos, além da exposição em campo de uma centena de inovações tecnológicas.

A Paraíba foi representada pelo coordenador do Procase, Aristeu Chaves e cerca de 15 agricultores familiares dos projetos do Estado. O evento teve, em sua programação, a realização do II Seminário de Turismo Rural Sustentável, que trouxe como destaque o lançamento da cartilha: Sementes da Esperança: boas práticas de convivência com o semiárido, turismo e juventude rural. A cartilha destacou a Paraíba, trazendo as experiências de um intercâmbio realizado pelo Procase e pelo Semear em junho de 2019, em que 30 jovens de comunidades rurais, de três Estados nordestinos, conheceram práticas de turismo rural nos territórios da Borborema e Cariri Oriental, na Paraíba. Participaram do lançamento o coordenador do Procase, Aristeu Chaves; a assistente de Cooperação Sul-Sul do Semear, Esther Martins e a agricultora do Projeto Viva o Semiárido no Piauí, Francisca de Deus, que participou do intercâmbio na Paraíba.

Para Aristeu Chaves, coordenador do Procase, essa troca de experiências contribui para que as/os jovens enxerguem esses potenciais e coloquem em prática em suas comunidades, viabilizando a geração de renda a partir do que já existe em cada local e assim fortalecendo as iniciativas de convivência com o semiárido a partir de diversas linhas como a produção de alimentos, uso sustentável dos bens naturais e o próprio turismo, que na região de atuação do Procase já contabiliza uma média de mil pessoas tirando seu sustento da atividade. Segundo Aristeu, “o Governo do Estado tem o compromisso muito forte em levar alternativas para a juventude rural, buscando sempre melhorar as condições de vida de quem está morando nas comunidades mais longínquas”, concluiu.

Entre os temas abordados durante o semiárido, estão os sistemas de cultivo para o Semiárido, tecnologias de captação de água e irrigação, criação animal (galinha, caprinos e ovinos), modelos para a exploração sustentável da Caatinga, manejo e conservação dos solos e apresentação de novas cultivares. Além das capacitações e treinamentos, o complexo do Semiárido Show trouxe a  ‘Vila da Economia Solidária’, local reservado aos empreendimentos de cooperativas e associações de agricultores familiares para expor seus produtos e serviços, além da Feira da Agrobiodiversidade, área de intercâmbio e comercialização de sementes crioulas.

Outro destaque foi o ‘Espaço Sabores do Sertão’, que promoveu o uso de produtos regionais na gastronomia. Nas oficinas, foram apresentadas alternativas de uso culinário de plantas alimentícias não convencionais (PANCs), com aproveitamento de espécies nativas da caatinga, além da Manta Caprina e Ovina de Petrolina, reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial do município.

A organização do evento estimou a participação de 15 mil pessoas, entre agricultores, estudantes, empresários, pesquisadores, agentes de assistência técnica, extensão rural e demais interessados, provenientes de vários Estados do Nordeste, e participação internacional com comitiva de produtores e representantes de instituições de países que compõem o corredor seco, entre eles: El Salvador, Honduras, Guatemala e México.

O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

Please reload

Central de Notícias

mulher

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square