Posts Recentes

Diagnóstico da Agricultura Familiar Quilombola é apresentado na Paraíba

O coordenador do PROCASE, Aristeu Chaves e a Gerente de Desenvolvimento Humano, Aparecida Henriques participaram hoje do Webinar AFQ edição Paraíba, realizado pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ) em parceria com a Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam).

O objetivo do evento foi apresentar os dados levantados na Paraíba em articulação com instituições fundamentais para o fortalecimento da agricultura familiar quilombola, fomentando estratégias para o fortalecimento dessas comunidades no Estado.

O webinar contou com as presenças do representantes da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido – SEAFDS, Antonio Alves; do Projeto COOPERAR, Flávio Luna; da coordenador estadual da CONAQ aqui na Paraíba, Maximino Silva; pela representante da ECOSOL, Francimar Perez; pela representante da AS-PTA, Adriana Galvão e foi ministrado pela Coordenadora Nacional do Diagnóstico Macro Situacional da Agricultura Familiar Quilombola da CONAQ, Kátia Penha; pela coordenadora de Projetos da ECAM, Meline Machado e mediado pelo quilombola paraibano, Josiel Alves, do Quilombo Cacimba Nova (atendido pelo PROCASE), do município de São João do Tigre, que recebeu sua certidão de autorreconhecimento como remanescente de quilombo em 2019.

Durante o evento, foram trazidos os dados levantados na Paraíba em articulação com instituições fundamentais para o fortalecimento da agricultura familiar quilombola. A representante da CONAQ, Meline Machado, fez uma apresentação sobre o mapeamento das politicas públicas federais, estaduais e municipais voltadas para a agricultura familiar, destacando as 09 iniciativas existentes na Paraíba, voltadas para acesso a terra, inclusão produtiva e desenvolvimento local e direitos e cidadania. Também foram destacadas as ações junto ao Governo do Estado da Paraíba, por meio da SEAFDS e dos Projetos PROCASE e COOPERAR. O coordenador do PROCASE, Aristeu Chaves, falou sobre o trabalho do Projeto junto a 14 comunidades quilombolas aqui na Paraíba: “destaco aqui as ações e convênios nos segmentos da caprinocultura, artesanato, poços e campos de palma, a instalação de 03 dessalinizadores em 03 comunidades quilombolas e assessoria técnica para todas as comunidades do Projeto, além de ações emergenciais como a distribuição de máscaras durante o período da pandemia”. Aristeu também falou na ampliação das áreas de atuação no PROCASE II.

Aparecida Henriques, Gerente de Desenvolvimento Humano do PROCASE, enfatizou as ações apresentadas por Aristeu Chaves e destacou o Grupo de Trabalho sobre equidade de gênero, geração e de raça, que faz parte do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável, que é um espaço presidido pelo Secretário da SEAFDS, Bivar Duda, voltado para discussões sobre políticas públicas para grupos prioritários: jovens mulheres e comunidades quilombolas.

Os webinares acontecerão em outros estados, dando continuidade ao projeto de mapeamento e diagnóstico da situação da agricultura familiar quilombola na Caatinga e Cerrado, junto aos territórios da Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Tocantins e o quilombo Mesquita em Goiás.

Central de Notícias

mulher

Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square