Please reload

Posts Recentes

Técnica e beneficiária do Procase participam de intercâmbio na Argentina

6 Nov 2018

 

 

Técnicas e beneficiárias de projetos apoiados pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil, participarão da primeira edição dos “Intercâmbios de Saberes nos Semiáridos da América Latina – Acesso aos recursos naturais e mapeamento participativo – Chaco Trinacional”, que se iniciará na cidade de Salta, noroeste da Argentina e visitará experiências exitosas de acesso à terra e água naquele país e na fronteira com a Bolívia e Paraguai. O evento acontece entre os dias 06 e 10 de novembro, e conta com a participação de representantes do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), através de ação do programa Semear Internacional.

 

Com o tema ligado à utilização de metodologias de mapeamento participativo para acesso a recursos naturais, faz parte da programação do evento visitas às regiões de Pilcomayo, fronteira da Argentina, Bolívia e Paraguai; e Morillo, em Los Biancos. Logo na abertura do intercâmbio, será realizado em Salta, Argentina, um Fórum Público, abordando as questões de acesso à terra, água e outros recursos na América Latina. Já no segundo dia, serão realizadas as visitas em campo que se estendem até o dia 10 de novembro.

 

O Fórum que ocorrerá na abertura do evento debaterá os seguintes temas: Grandes transações de terra e Semiáridos na América Latina; Informação para a análise política sobre as grandes transações de terra e sua relação com os territórios de comunidades e agricultores; Problemática Agrária no Equador; Processos de acumulação e despejo: comunidades indígenas perante os desmontes e as grandes transações de terras na província de Salta, Argentina, entre outros.

 

“Facilitar a ida de brasileiros beneficiários dos projetos apoiados pelo FIDA para estes eventos fora do país é um dos grandes pilares do trabalho do programa Semear Internacional. Com um trabalho focado na Cooperação Sul-Sul, nossa intenção é promover esta troca de conhecimento entre os países, gerando uma informação dupla, que tanto pode ser replicada nas regiões que recebem a comitiva, como nas de quem as visitou”, disse a coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo.

 

 

Representando o Procase, participam do evento a beneficiária Gileide Silva, presidenta da associação das Louceiras Negras do Quilombo do Talhado, município de Santa Luzia, e a técnica Natália Cavalcanti, que afirma que o evento será de grande valia para contribuir com o desenvolvimento dos projetos produtivos que são apoiados pelo Procase. “A expectativa do evento é muito boa. Debater sobre o uso dos recursos naturais, conhecer novas experiências e entender os desafios das prioridades a serem visitadas no processo de acesso a água e terra será enriquecedor. Espera-se que o aprendizado do intercâmbio possa contribuir na execução dos projetos produtivos, sobretudo nas ações ambientais, no aproveitamento sustentável dos recursos naturais”, destacou Natália. 

 

Nos três dias dedicados às visitas, a comitiva conhecerá experiências de ocupação efetiva dos territórios indígenas, na Argentina; experiências de acesso à água, produção, serviços; organizações camponesas locais que mostrarão o trabalho realizado naquelas regiões no tocante ao acesso à terra e à produção.

 

Fazem parte da comitiva representantes dos projetos apoiados pelo FIDA na Paraíba (Procase), Piauí (Viva o semiárido), Ceará (Paulo Freire) e Sergipe (Dom Távora), assim como organizações da sociedade civil no Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru, Nicarágua e El Salvador.

 

O Intercâmbio é uma realização do FIDA, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Programa Semear Internacional, Plataforma Semiáridos da América e FUNDAPAZ, em parceria com a International Land Coalition e Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá. 

 

O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação. 

 

Please reload

Central de Notícias

mulher

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square